Tribunal de Gouveia decreta pulseira eletrónica e obrigatoriedade de abandono da residência, a um homem detido pela GNR pelo crime de violência doméstica

O Comando Territorial da Guarda da GNR, através do Núcleo de Investigação e de Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), deteve um homem com 45 anos pelo crime de violência doméstica, no concelho de Gouveia. No âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares apuraram que o suspeito exercia violência física e psicológica sobre a sua esposa, de 43 anos. Na sequência das diligências foi dado cumprimento a um mandado de detenção, que culminou na detenção do suspeito. O detido foi presente no mesmo dia ao Tribunal Judicial de Gouveia, tendo-lhe sido aplicado como medida de coação, obrigatoriedade de abandono da residência, proibição de contato com a vitima e de aproximação a menos de 1 000 metros, controlados por pulseira eletrónica.