Presidente do NERGA diz que esta tolerância de ponto é uma espécie de feriado só para a função publica

A tolerância de ponto concedida hoje pelo Governo e por várias autarquias não é do agrado de todos. Que o diga Pedro Tavares. O presidente do NERGA e comentador residente na Rádio F, diz que esta espécie de feriado apenas beneficia a função pública e acrescenta que o sector provado sai mais uma vez prejudicado. Pedro Tavares diz que esta tolerância de ponto também prejudica a economia do país, dando como exemplo o caso dos profissionais de saúde, que depois são compensados em horas extra.

O presidente do NERGA, Pedro Tavares não entende esta tolerância de ponto concedida pelo Governo. O comentador da F diz que o sector privado fica prejudicado.