Polícia Judiciária deteve na cidade da Guarda, três pessoas por fortes suspeitas da prática reiterada de abuso sexual de criança e atos sexuais com adolescentes

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal da Guarda, e no âmbito de investigação em curso,identificou e deteve dois homens e uma mulher sobre os quais recaem fortes suspeitas da prática reiterada, desde há aproximadamente nove meses, dos crimes de abuso sexual de uma menor de treze anos, atualmente com 14 anos de idade, e de atos sexuais com adolescentes, praticados com a mesma menor. Os Factos , ocorreram na cidade da Guarda, desde finais do verão passado até ao presente

Segundo o comunicado da PJ da Guarda, os abusos foram cometidos essencialmente num contexto de coabitação da menor com um dos detidos, em condições análogas às dos cônjuges e com total permissão e auxílio material e moral da parte dos pais da própria menor.

Os detidos, dois com 33 anos de idade e outro com 35, foram entretanto presente às competentes autoridades judiciárias para efeitos de primeiro interrogatório judicial e eventual submissão a adequadas medidas de coação.