PJ da Guarda deteve um grupo de 16 homens dedicado ao tráfico de estupefacientes

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal da Guarda, levou a efeito uma vasta operação policial, no âmbito da qual foram detidos dezasseis homens sobre os quais recaem fortes indícios da prática do crime de tráfico de estupefacientes. Os detidos, procediam de forma organizada à venda de elevadas quantidades de produtos estupefacientes em várias escolas dos concelhos da Guarda e de Manteigas

Para além  das detenções, foram também realizadas cerca de trinta buscas domiciliárias, nos concelhos da Guarda, Ovar, Sangalhos, Pinhel e Manteigas, e apreendido pólen de haxixe em quantidade suficiente para a preparação mínima aproximada de quatro mil e quinhentas doses individuais, aproximadamente oitocentos euros em numerário, uma arma de fogo tipo carabina, várias munições próprias para a mesma arma, moinhos, balanças de precisão e vários outros objetos habitualmente associados à atividade de tráfico de estupefacientes.

O grupo de traficantes agora neutralizado, essencialmente radicado na cidade da Guarda, possuía um vincado núcleo central suspeitos, também referenciados por protagonizarem esporádicas ações de violenta agressão física, o qual se socorria de uma vasta rede de jovens distribuidores de produtos estupefacientes em várias escolas do distrito da Guarda, mas também noutros locais públicos de convívio e reunião social.

Os detidos, com idades compreendidas entre os 16 e os 36 anos, quase todos sem qualquer profissão conhecida, para além de alguns estudantes de idade mais jovem, vão, entretanto, ser presentes às competentes autoridades judiciárias, para efeitos de primeiro interrogatório judicial e eventual submissão a adequadas medidas de coação.