A PJ da Guarda deteve em Foz Coa o presumível autor de um crime de abuso sexual de criança, de dois crimes de abuso sexual a menor e um crime de violência doméstica

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal da Guarda, identificou e deteve no concelho de Vila Nova de Foz Coa, o presumível autor de um crime de abuso sexual de criança, dois crimes de abuso sexual de menor dependente e um crime de violência doméstica. Os crimes tiveram todos lugar no contexto da vida familiar do indivíduo e das respectivas vítimas, três menores do sexo feminino, com idades compreendidas entre os 12 e o 17 anos, assim como a própria companheira do suspeito, e vinham ocorrendo já desde o ano de 2014.

O detido, com a idade de 45 anos e a profissão de agricultor, vai agora ser presente às competentes autoridades judiciárias, tendo em vista o respectivo interrogatório e a submissão a adequadas medidas de coação.