PJ da Guarda deteve dois suspeitos do crime de abuso sexual de crianças agravado

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal da Guarda, identificou e deteve um homem e uma mulher fortemente suspeitos da prática continuada, desde há aproximadamente quatro meses, do crime de abuso sexual agravado de duas menores, de 6 e 9 anos de idade em Vila Nova de Foz Côa. Os abusos foram cometidos pelo homem no contexto do próprio ambiente familiar, com favorecimento por parte da sua companheira, progenitora das menores.

Os detidos, de 51 e 41 anos de idade, irão ser presentes às competentes autoridades judiciárias, para efeitos de primeiro interrogatório judicial e submissão a adequadas medidas de coação.