A proposta para a concessão do equipamento desportivo, por 20 anos, foi aprovada, por unanimidade, na reunião do executivo da Câmara da Guarda.  A proposta apresentada pelo Município vai agora a concurso público mas poderá já haver interessados no projecto. O futuro concessionário irá ser responsável pela construção do campo de Padel e terá de pagar uma renda mensal à autarquia, como explica o presidente da Câmara, Carlos Chaves Monteiro.

O autarca acrescentou que o concurso público tem alguns pontos bem definidos, entre os quais o prazo de concessão que é de 20 anos, o pagamento de uma renda nos primeiros 5 anos no valor de 250 euros, nos 3 anos seguintes será de 375 e, a partir daí de 500 euros. Para além de ter de pagar uma renda mensal, o concessionário que ganhar o concurso público, vai ser também responsável pelas obras da criação do campo de Padel. (ouvir aqui)