O município da Guarda ainda não tem assegurado cofinanciamento europeu para os Passadiços do Mondego

A questão foi levantada da última reunião do executivo camarário pelo vereador Sérgio Costa, que perguntou também o presidente da câmara o ponto da situação da intervenção na zona envolvente à Capela do Mileu.

No encontro com os jornalistas, Carlos Chaves Monteiro nada disse sobre as obras na zona envolvente à capela do Mileu. Já quanto aos passadiços do Mondego o autarca diz que já falou com a ministra da Coesão Territorial, para que seja encontrada uma solução que permita o cofinanciamento desta obra que o município já iniciou. O Presidente da Camara da Guarda diz que em setembro vão ser equacionadas todas as hipóteses para candidatar este projeto a fundos comunitários.