O cálculo do desconto da tarifa da água na Guarda e os arredondamentos

O vereador do PS na Câmara da Guarda considera que a redução de 2% nas tarifas da água, não vem trazer mais-valias à economia das famílias no concelho. Nas contas socialistas, a redução nem chega aos valores anunciados pela maioria. Joaquim Carreira diz que não passa de 0,98%

Na resposta, o presidente da Câmara da Guarda, Álvaro Amaro, garante que a redução nas tarifas é de 2 por cento e até equaciona que pode haver um problema de arredondamentos nas máquinas calculadoras.

A redução das tarifas da água e saneamento podem voltar a fazer parte da ordem de trabalhos da próxima reunião do executivo para se acertarem as contas. A maioria diz que é de 2%, a oposição socialista diz que fez as contas e que o resultado é de 0,98%.

tap-791172_1920