No próximo ano os ciclistas partem da Guarda, já em 2021 a cidade mais alta volta a ser palco de uma chegada

A Guarda recebe, no próximo ano, uma partida da Volta a Portugal e, em 2021, uma chegada. O acordo entre a Câmara da Guarda e a organização da Volta já tinha sido celebrado em 2017 e previa também a realização do Dia de Descanso, que juntou cerca de 800 ciclistas, na Volta Via Verde. O diretor da prova, Joaquim Gomes revelou que a Guarda é uma das cidades mais importantes da história da Volta e que a presença nos próximos dois anos está assegurada.

O presidente da Câmara da Guarda, Carlos Chaves Monteiro recordou que o contrato celebrado com a organização tem ainda mais dois anos. Já a realização do Dia de Descanso só será possível depois de 2021, uma vez que o contrato feito em 2017 só previa um ano.

Os contratos são feitos de 4 em 4 anos e coincidem com os mandatos autárquicos. (ouvir aqui)