No dia mundial dos direitos da criança, o director do serviço de pediatria do Hospital da Guarda não esconde o anseio de mudar o serviço para novas instalações

Assinala-se hoje no dia mundial dos direitos da criança, a ULS da Guarda desenvolveu uma série de actividades para assinalar este dia.

A origem do Dia Internacional dos Direitos da Criança vem desde 1959 que se proclamou mundialmente a Declaração dos Direitos das Crianças e foi  20 de Novembro de 1989 que se adoptou a Convenção sobre os Direitos da Criança. O objectivo da data é salientar e divulgar os direitos das crianças de todo o mundo. Também na saúde os direitos das crianças estão salvaguardados, como explicou à Rádio F, António Mendes, director do serviço de pediatria do Hospital da Guarda.

O pediatra, também realçou que as próprias crianças e adolescentes podem e devem participar activamente em várias actividades, enquanto se encontram internadas numa unidade hospitalar. O director do serviço de pediatria da Unidade Local de Saúde não esconde que gostava de ver os serviços de obstetrícia e pediatria numas novas instalações muito em breve, como aliás, estava previsto com a requalificação do pavilhão 5 do hospital da Guarda.

Hoje na ULS da Guarda realizaram-se uma serie de actividades acções para assinalar este dia.

Assinalou-se hoje no dia mundial dos direitos da criança, António Mendes, director do serviço de pediatria da ULS da Guarda, referiu que espera em breve, poder ter umas novas instalações e mais condignas, para os serviços de pediatria e obstetrícia do Hospital da Guarda.