Município da Guarda vai entregar 320 mil euros às associações e colectividades do concelho

A Câmara da Guarda vai distribuir uma verba de 320 mil euros pelas várias associações culturais e desportivas do concelho.

Os vereadores do PS consideram uma injustiça, o valor do subsídio que algumas associações vão receber, tendo em conta a dinâmica e as atividades que têm desenvolvido ao longo dos anos. Joaquim Carreira diz que tem dificuldade em perceber os critérios da Câmara, uma vez que nalguns casos, o valor do subsídio é reduzido.

Opinião bem diferente tem o Presidente da Câmara. Álvaro Amaro diz que existe transparência na atribuição dos subsídios considerando histórico, o valor que é atribuído a cada associação

O autarca explica que está em causa uma lei, que é aplicada pelo segundo ano consecutivo, mas que pode ser revista, de forma a evitar possíveis injustiças na atribuição de subsídios. O Presidente da Câmara da Guarda admite que há associações que recebem mais do que outras, mas a lei que é aplicada poderá ser revista, de forma a evitar injustiças na atribuição de subsídios.

DSC07063