Um trabalho desenvolvido por médicos da USF “A Ribeirinha” foi distinguido com um prémio nas Jornadas de Medicina Geral e Familiar que decorreram no Porto. Sob o tema “Um Fator de Risco Cardiovascular que Não Vem Só” esta apresentação ganhou o segundo prémio de “Comunicações Orais” na categoria de Casos Clínicos das Jornadas Multidisciplinares de Medicina Geral e Familiar que decorreram na cidade invicta. A equipa da ULS da Guarda alcançou este resultado entre 80 trabalhos submetidos a nível nacional, o que para Raquel Martins Serrano, uma das autoras do projeto é o reconhecimento do trabalho realizado nesta unidade de cuidados de saúde primários da Guarda. A médica explica que este trabalho foi feito com base num caso clínico de um utente que é acompanhado na USF “A Ribeirinha” e referenciado para consultas de especialidade hospitalares. Raquel Martins Serrano diz que este é bom exemplo do funcionamento do SNS, onde a porta de entrada do utente foi através dos cuidados de saúde primários.

O website da Rádio F utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close