O líder da AD fez uma arruada com os militantes e simpatizantes da candidatura, pelas artérias do centro urbano, seguindo depois para o café concerto do TMG.

No final, referiu que está confiante quanto à possibilidade da eleição de dois deputados pelo círculo eleitoral da Guarda. Durante a arruada e no contacto que foi tendo com a população, Luís Montenegro disse que ouviu exigências, nomeadamente na área da saúde e na habitação e defendeu medidas de descriminação positiva para o interior do país. Na saúde, o líder da AD garante que após tomar posse vai criar um programa de emergência para reforçar a saúde e acrescentou que é necessário defender a escola pública e apostar na habitação para quem mais necessita. Luís Montenegro acrescentou que a agricultura pode trazer riqueza aos territórios e prometeu descer os impostos sobre o trabalho para garantir mais capacidade de investimento. O líder da AD esteve na Guarda onde participou numa arruada que terminou no café concerto. No final, a candidata pelo distrito, Dulcineia Catarina Moura também o combate às desigualdades territoriais, com mais medidas para a saúde, educação, uma carga fiscal justa para as empresas e menos burocracia nos serviços públicos. Dulcineia Catarina Moura deixou críticas ao PS e frisou que Pedro Nuno Santos e Ana Mendes Godinho fazem parte de um partido que levou o país à degradação.

A candidatura da AD pelo círculo eleitoral da Guarda recebeu o líder da coligação. Luís Montenegro percorreu as principais ruas do centro tendo terminado no café concerto do TMG, onde falou aos militantes e simpatizantes.

O website da Rádio F utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close