Lameirinhas vai apostar na formação em futsal até 2023

“Grupo Desportivo das Lameirinhas 2023” é o nome do projecto de Futsal apresentado, esta semana, pelo clube da Guarda. A direcção da colectividade quer apostar forte nos escalões de formação e já fez saber que o orçamento da equipa sénior vai ser de 5 mil euros, menos 50 mil do que na época transacta.

O novo projecto prolonga-se até 2023 porque é nessa altura que os atletas que militam agora nos infantis atingem a idade para fazer parte do plantel sénior. Tiago Torres, ex-atleta do clube, vai coordenar oi projecto, como deu a conhecer o presidente, Esmerado Carvalhinho. O dirigente acrescentou que o clube reúne vários parceiros neste projecto, nomeadamente o Instituto Politécnico da Guarda, com quem vai ser assinado um protocolo.

Quem também espera desenvolver um bom trabalho até 2013 é o treinador.  Tiago Torres acredita na qualidade dos jogadores que estão nos escalões de formação e diz que o objectivo é colocar o clube na 2ª Divisão Nacional de Futsal. Tiago Torres aceitou o desafio lançado pela direcção do Lameirinhas mas propôs que o clube assinasse um protocolo com o IPG no sentido de alguns atletas universitários integrassem a equipa já na nova temporada. Construir uma equipa com médias de idades mais nova e trabalhar para que daqui a 7 anos, os atletas que estão nos infantis possam ser integrados na equipa principal são os objectivos imediatos.

Tiago Torres referiu ainda que o clube vai ter os escalões de formação mais novos (petizes, traquinas e benjamins), infantis e iniciados, para além da equipa sénior.

logo_lameirinhas2