Incêndio urbano na Guarda provoca cinco feridos

Cinco pessoas foram transportadas esta tarde para o hospital da Guarda, devido à inalação de fumo, provocada por um incêndio urbano, que ocorreu na Rua Pedro Álvares Cabral, na cidade.

As chamas atingiram o segundo andar de um prédio onde se encontravam duas irmãs na casa dos setenta anos de idade, e o fumo propagou-se ao terceiro andar, onde estavam mais três pessoas. No local do incêndio de habitação esteve o Comandante dos Bombeiros Voluntários da Guarda. Em declarações à Rádio F, Paulo Sequeira descreveu um cenário preocupante, uma vez que havia três pessoas que não conseguiam sair de casa, devido ao fumo intenso.

Apesar de não haver certezas, tudo indica que o incêndio terá sido provocado por uma braseira elétrica. Segundo o comandante Paulo Sequeira, o prédio onde ocorreu o incêndio ficou bastante danificado, devido às chamas e ao fumo. Contudo, a prioridade dos Bombeiros foi mesmo retirar as três pessoas que se encontravam no terceiro andar.

Devido à inalação de fumo, cinco pessoas, de dois andares diferentes, tiveram que ser transportadas para o hospital.

incendio2