A Rádio F, falou com dois dos proprietários das viaturas que ficaram danificadas, devido à queda de uma árvore na Guarda. As opiniões são unânimes. Estes dois moradores da Avenida Cidade de Salamanca não colocam entraves ao corte destas árvores de grande porte e contestam o grupo de pessoas que, num passado recente, se mostrou contra essa intenção.

Carla Terras conta que tinha acabado de sair do carro, acompanhada pela filha de 3 anos, estava a entrar no apartamento quando ouviu o estrondo da árvore a cair. Carla Terras fala mesmo em milagre de natal.

Já Daniel Gonçalves ficou com a viatura sem hipótese de reparação. Este morador da Avenida Cidade de Salamanca diz que «houve iluminados que impediram o corte de mais árvores que apresentam perigo iminente para as pessoas que ali habitam». Daniel Gonçalves diz que vive na Avenida Cidade de Salamanca anda sempre em pânico quando há dias de vento. Este cidadão acrescenta que a vida das pessoas é mais importante. (ouvir aqui)

O website da Rádio F utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close