A GNR deteve um homem em Trancoso por alegada violência doméstica

O Comando Territorial da GNR da Guarda, através do Núcleo de Investigação e de Apoio a Vítimas Específicas deteve um homem com ­61 anos, por violência doméstica, no concelho de Trancoso. No âmbito de uma investigação, a GNR apurou que o suspeito exercia violência física, psicológica e ameaças de morte sobre a sua esposa, de 58 anos, tendo os militares da GNR dado cumprimento a um mandado de detenção, como contou à Rádio F, o Major Cláudio Saraiva, oficial de relações públicas do comando da Guarda.

O suspeito foi presente, ao Tribunal de Trancoso, tendo-lhe sido aplicadas as medidas de coação, a proibição de contacto com a vítima e de aproximação da sua residência, sendo controlado através de pulseira eletrónica. (ouvir aqui)