A situação provocou inquietação nos habitantes e os militares da GNR deslocaram-se de imediato àquela localidade, após contato feito para o posto de Foz Coa. A mulher de 48 anos acabou por ser detida por estar na posse de uma arma de fogo proibida, como referiu à Rádio F, o Major marco Pina da GNR da Guarda. A mulher, já com antecedentes criminais, foi presente à autoridade judiciária, e foi-lhe decretada a medida de coação de Prisão domiciliária. (ouvir aqui)

 

O website da Rádio F utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close