No âmbito de uma fiscalização rodoviária, os militares fiscalizaram um veículo, em que o condutor, tinha na sua posse 74 petardos. Para além de ter engenhos explosivos proibidos, o suspeito transportava as armas de fogo mal-acondicionadas, tendo sido elaborados dois autos de contra-ordenação, referentes à lei das armas e apreendido vário material, como deu conta o major Marco Pina, oficial de relações públicas do Comando Territorial da GNR da Guarda. O detido foi constituído arguido, tendo os factos sido remetidos ao Tribunal Judicial da Guarda. (ouvir aqui)

O website da Rádio F utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close