Estão a decorrer as candidaturas ao “EDP Solidária 2016”. No distrito da Guarda várias IPSS já foram contempladas.

Está a decorrer até 15 deste mês o período de candidaturas para o programa “EDP Solidária 2016”, na área de inclusão social, com vista a apoiar projetos que promovem a melhoria da qualidade de vida de pessoas e comunidade em situação vulnerável ou em risco de exclusão social. No caso do distrito da Guarda, várias instituições já foram contempladas.

O objetivo deste programa de investimento privado, o maior em Portugal é dar respostas às necessidades das instituições, em projetos destinados às vítimas de violência doméstica, crianças e jovens em risco aos sem-abrigo e idosos.

Em declarações à Rádio F, Miguel Coutinho, administrador geral da Fundação EDP, falou na saúde e educação, duas novas áreas que integram o projeto EDP Solidária.

Uma vez que no distrito da Guarda o projeto EDP Solidária já apoiou 5 projetos, nos últimos 12 anos, Miguel Coutinho gostava que instituições deste distrito voltassem a concorrer.

O administrador referiu ainda os novos projetos aos quais podem concorrer a partir de Junho na área da saúde e ainda sobre a atribuição de bolsas em parceria com universidades.

EDPfund_cs_poli_fb_rgb