Eduardo Brito já apresentou nos órgãos de jurisdição do PS, o pedido de impugnação das eleições para a federação distrital

Eduardo Brito, anunciou em conferência de imprensa que já apresentou nos órgãos de jurisdição do PS, o pedido de impugnação das eleições para a federação distrital, que decorreram na passada sexta-feira. O ex-presidente da Câmara de Seia desistiu da candidatura porque entendeu que o processo eleitoral por parte de António Saraiva, o outro candidato, entretanto eleito não foi transparente.

Eduardo Brito deixa bem claro que não baixou os braços e pede novamente eleições uma vez que as do passado dia 4, não foram justas nem livres. O socialista diz que não reconhece legitimidade a António Saraiva, uma vez que mais de 800 militantes foram impedidos de votar. O ex-candidato à liderança da federação socialista também sublinhou que António Saraiva não tem condições políticas para enfrentar os desafios que se avizinham, e dá o exemplo das eleições autárquicas. Eduardo Brito considera que os resultados que obteve António Saraiva nas eleições foram fragilizadores e por esse motivo não devia ir ao congresso do PS marcado para o dia 19.

DSC08220