Departamento da saúde da Criança e da Mulher, vai ficar no pavilhão cinco do hospital da Guarda no próximo ano

O pavilhão cinco do hospital da Guarda, onde funcionaram as urgências vai sofrer obras de remodelação. O edifício irá ser ocupado pelos serviços que integram o Departamento da saúde da Criança e da Mulher. Trata-se de uma obra candidatada ao Programa 2020 e o investimento comparticipado, (85%) ronda os dois milhões e meio de euros.

Em declarações aos jornalistas, Gil Barreiros, diretor Clínico da Unidade Local de saúde da Guarda fez o ponto de situação deste projeto, considerado pela ARS uma prioridade na região centro. Gil Barreiros espera que as obras no pavilhão cinco, ofereçam melhores condições, nomeadamente às grávidas, de forma que existam mais mulheres, a optar por ter os filhos na maternidade da Guarda. Numa altura em o pavilhão cinco, do hospital da Guarda vai entrar em obras, o diretor Clínico da ULS recordou que o espaço foi motivo de notícia porque chovia nos corredores, mas atualmente este foi já requalificado com um cobertura nova.

O pavilhão cinco deverá estar aos serviços dos utentes e profissionais de saúde até ao final de 2017.

dsc07039