Continuar..

O executivo da Câmara de Pinhel aprovou o orçamento para o próximo ano, o autarca, Rui Ventura, classifica-o como um orçamento de oportunidades

O valor é de 26 milhões de euros e o Presidente de câmara de Pinhel diz que o próximo ano pode ser de oportunidades, isto porque são esperados milhares de euros em fecho de quadro comunitário, e se isso acontecer, Rui Ventura lembra que este município tem uma taxa elevada de execução dos fundos comunitários. […]

Continuar..

O município de Gouveia contesta a classificação de nível de risco muito elevado de contágio por COVID-19 aplicado ao concelho

Recorde-se que Gouveia passou a integrar a lista em que as medidas no âmbito do Estado de Emergência tornam a circulação de pessoas mais restrita e o encerramento dos estabelecimentos comerciais depois das 13 horas aos fins de semana. Algo que o autarca de Gouveia contesta, segundo Luís Tadeu, o número real de casos positivos […]

Continuar..

Apesar do Município de Fornos de Algodres estar sob reequilíbrio financeiro a taxa de IMI vai baixar no próximo ano

O presidente da Câmara explica que só agora foi possível baixar este imposto, uma vez que a elevada divida herdada não possibilitava a mexida nos impostos. Para 2021, esta taxa desce 0,02%, como refere Manuel Fonseca. Esta mexida é fruto da aprovação do orçamento para o próximo ano, que ronda os 8,8 milhões de euros, […]

Continuar..

Municipio de Foz Coa investe 4,6 M € no próximo ano com os Passadiços do Coa, a recuperação do Mercado e a conclusão do Foz Côa Story House

O presidente da Câmara de Foz Côa espera concluir no próximo ano a construção do Foz Côa Story House, um hotel que vai ficar no centro histórico da cidade, os passadiços do Côa e a recuperação do Mercado, num total de investimento de 4,6 milhões de euros. As três obras estão incluídas no orçamento municipal […]

Continuar..

O Banco Alimentar Contra a Fome da Cova da Beira já não tem capacidade de resposta para fazer face a tantos pedidos de ajuda

Nos últimos meses as solicitações têm sido muitas e são resultantes dos efeitos da pandemia, com muitas pessoas que ficaram sem emprego. O presidente, Paulo Pinheiro chega mesmo a afirmar que se alguém precisar do Banco Alimentar para comer vai mesmo passar fome. Paulo Pinheiro justifica que o desemprego está a subir e os efeitos […]