Carlos Condesso, que era o segundo da lista do PSD, pelo círculo da Guarda, nas eleições legislativas do passado dia 6 de Outubro, considera que houve falta de solidariedade e de apoio por parte de militantes e de estruturas do partido. O social democrata diz claramente que houve forças dentro do partido que acabaram por prejudicar os resultados no distrito. Carlos Condesso acrescenta que houve agendas e uma estratégia consertada que teve como objectivo contribuir para um mau resultado no distrito.

O social-democrata também não aceita o facto de alguns militantes acusarem os elementos da lista de não terem feito trabalho. O social democrata justifica que, mesmo nos concelhos onde o PSD perdeu, houve trabalho no terreno. Carlos Condesso deu como exemplo o concelho de Figueira de Castelo Rodrigo, onde é presidente da concelhia e onde o PS venceu por 70 votos. O social democrata afirma que se o partido estivesse unido, o PSD ganhava as eleições no distrito da Guarda. (ouvir aqui)

 

O website da Rádio F utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close