A Câmara da Guarda já reagiu à notícia da demissão de José Amaral Lopes da coordenação da comissão que prepara a candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura. José Amaral Lopes referiu não ter condições para continuar, uma vez que o executivo municipal não dava resposta às propostas que fez ao longo do ano.

Em conferência de imprensa, o presidente da Câmara da Guarda, explicou que o demissionário apresentou durante ano e meio propostas que não eram exequíveis. Carlos Chaves Monteiro reforçou que ao longo do tempo surgiram várias indefinições em torno da candidatura. De qualquer forma, Carlos Chaves Monteiro diz que José Amaral Lopes realizou algum trabalho mas que é insuficiente. O autarca rejeita que haja desmobilização de mais pessoas desta candidatura.

Carlos Chaves Monteiro garante que o Município está empenhado em apresentar uma boa candidatura em 2021. O presidente da Câmara da Guarda adiantou que o município estará no próximo dia 12 na Câmara de Paris a apresentar a candidatura. (ouvir aqui)

O website da Rádio F utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close