Bloco de Esquerda reivindica melhores condições na repartição de Finanças da Guarda

Com o objetivo de reivindicar melhores condições na repartição de finanças da Guarda, o Bloco de Esquerda colocou duas tarjas na rua, junto daqueles serviços, onde promoveu também uma conferência de imprensa. Esta iniciativa foi o arranque de uma campanha, a pensar nos funcionários mas acima de tudo, dos contribuintes que por falta de condições nas finanças fazem fila na rua, à espera que sejam atendidos.

Esta preocupação foi exposta pelo BE, através de uma moção, na última assembleia municipal da Guarda, tendo sido aprovada por unanimidade. O Bloquistas através da Voz de Bruno Andrade, deputado municipal deu conta do problema da falta de condições na repartição de finanças da Guarda. O Bloco de Esquerda da Guarda propõe novas instalações para a repartição de finanças. O deputado municipal, Bruno Andrade lembra que existem edifícios que são propriedade da Câmara, que podiam acolher os serviços das finanças. O deputado do Bloco de Esquerda na assembleia municipal, deu conta da campanha que o partido lançou em “pról” de melhores condições para os trabalhadores e contribuintes da repartição de finanças da Guarda.

O Bloco apela ainda à Câmara que em conjunto com o Ministério da tutela, seja encontrada uma solução, tendo em conta que os contribuintes fazem fila na rua, por falta de espaço nas atuais instalações das finanças.

DSC08881