Autarca de Pinhel reage à operação “Rota Final” da PJ, referindo, «Não somos corruptos nem queremos estar associados a tal conotação»

O presidente da Câmara de Pinhel já reagiu à operação “Rota Final” da Policia Judiciaria referindo que «Não somos corruptos nem queremos estar associados a tal conotação». Foi em forma de comunicado e através de um vídeo publicado nas redes sociais que Rui Ventura reagiu à visita dos inspetores da judiciária ao Municipio que dirige. O autarca de Pinhel diz que foi de forma abusiva que o nome daquele Município foi envolvido neste processo e acrescenta, que os contratos de transporte escolares sob a responsabilidade da Câmara de Pinhel, foram reduzidos em mais de 145 mil euros, desde que assumiu o cargo de presidente em 2013. Rui Ventura diz que não quer que o Município de Pinhel esteja associado a qualquer tipo de corrupção.

Contatado pela Rádio F para mais esclarecimentos, Rui Ventura remeteu-se ao comunicado enviado e ao vídeo publicado nas redes socias, mas confirmou a presença dos inspetores da PJ naquele município, adiantou ainda, que não foi constituído arguido qualquer elemento da Câmara de Pinhel. (ouvir aqui)