Já foi assinado o contrato de financiamento no âmbito do programa Equipamentos Urbanos de Utilização Colectiva, que vai permitir colocar o relvado sintético no Campo 3 de Maio, em Vila Cortez do Mondego.

O secretário de estado das autarquias locais, Carlos Miguel anunciou que o governo financia o projecto em cerca de 50 mil euros. Para o governante estes financiamentos são fundamentais para o bom funcionamento das colectividades.

Já para o presidente da freguesia de Vila Cortez do Mondego, Lúcio Valente considera que com esta assinatura de contrato foi dado um passo importante para a concretização da obra. Lúcio Valente diz que a obra, na totalidade, deverá custar cerca de 250 mil euros mais IVA. Lúcio Gonçalves espera que a obra possa ficar concluída antes do final do ano, uma vez que o clube tem tido muitas despesas com a realização dos jogos na Guarda. O presidente do Vila Cortez e da freguesia acrescentou que, antes da colocação do sintético, faltam concluir vários trabalhos. O campo vai servir a equipa de Vila Cortez e os restantes clubes do concelho. Lúcio Valente diz que o clube tem cerca de cem atletas.

Já o presidente da Câmara da Guarda salientou a importância da obra para os vários clubes da cidade. Carlos Chaves Monteiro acredita que a obra vai agora poder avançar. Alguns clubes da cidade já fizeram saber que a deslocação a Vila Cortez do Mondego para fazer treinos não é uma solução, devido á distância. Carlos Chaves Monteiro diz que o tempo da viagem são cerca de 12 minutos. (ouvir aqui)

 

O website da Rádio F utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close