Foi assinado o contrato de financiamento para colocar o relvado sintético em Vila Cortez do Mondego

Já foi assinado o contrato de financiamento no âmbito do programa Equipamentos Urbanos de Utilização Colectiva, que vai permitir colocar o relvado sintético no Campo 3 de Maio, em Vila Cortez do Mondego.

O secretário de estado das autarquias locais, Carlos Miguel anunciou que o governo financia o projecto em cerca de 50 mil euros. Para o governante estes financiamentos são fundamentais para o bom funcionamento das colectividades.

Já para o presidente da freguesia de Vila Cortez do Mondego, Lúcio Valente considera que com esta assinatura de contrato foi dado um passo importante para a concretização da obra. Lúcio Valente diz que a obra, na totalidade, deverá custar cerca de 250 mil euros mais IVA. Lúcio Gonçalves espera que a obra possa ficar concluída antes do final do ano, uma vez que o clube tem tido muitas despesas com a realização dos jogos na Guarda. O presidente do Vila Cortez e da freguesia acrescentou que, antes da colocação do sintético, faltam concluir vários trabalhos. O campo vai servir a equipa de Vila Cortez e os restantes clubes do concelho. Lúcio Valente diz que o clube tem cerca de cem atletas.

Já o presidente da Câmara da Guarda salientou a importância da obra para os vários clubes da cidade. Carlos Chaves Monteiro acredita que a obra vai agora poder avançar. Alguns clubes da cidade já fizeram saber que a deslocação a Vila Cortez do Mondego para fazer treinos não é uma solução, devido á distância. Carlos Chaves Monteiro diz que o tempo da viagem são cerca de 12 minutos. (ouvir aqui)