Álvaro Amaro acusa governo de fazer “batota e politica à moda antiga”

O presidente dos Autarcas Social-democratas, Álvaro Amaro acusou o Governo de fazer batota e política à moda antiga já a pensar nas eleições autárquicas do próximo ano.

Em causa está a transferência de mais de meio milhão de euros para quatro câmaras municipais governadas pelo PS, ao abrigo do regime de cooperação técnica e financeira com o poder local: Proença-a-Nova, Arruda dos Vinhos, São Pedro do Sul e Penamacor.

O despacho foi publicado esta quarta-feira em Diário da República e as obras nos 4 concelhos estão relacionadas com requalificações de ruas, largos e do estádio municipal, no caso de Penamacor. Ao todo, a fatia do bolo é de 574 mil euros, correspondentes a 60% de um investimento de mais de 956 mil euros. O Governo justifica o investimento com a disponibilidade orçamental, mas o presidente dos autarcas social-democratas já reagiu. Álvaro Amaro disse aos jornalistas que esta medida é de política à moda antiga e de batota e que o Governo anda a gastar dinheiros públicos quando estas obras deveriam ser financiadas pelas verbas comunitários.

O presidente dos ASD (Autarcas Social Democratas) explicou que o regime de cooperação técnica e financeira com o poder local só é feito em casos excecionais.

Álvaro Amaro refere que se o Governo não se retratar em relação a este assunto, vai falar com o presidente da República no sentido de Marcelo Rebelo de Sousa evitar aquilo a que chama de batota eleitoral.

calculator-1680905_1920