Agostinho Gonçalves comentador da Rádio F, disse esta manhã no jornal da Rádio F, que a cidade e o concelho ficam a perder com a decisão de Carlos Monteiro em retirar a confiança política a Sérgio Costa. O Socialista diz que o Municipio da Guarda acabou de perder um ativo muito importante que tinha a capacidade de ultrapassar vários problemas que são colocados no dia a dia na governação da Câmara da Guarda. Agostinho Gonçalves referiu que foi criado um grave momento de instabilidade política na Câmara da Guarda com a saída de Sergio Costa. O comentador da Rádio F, refuta o eventual argumento, da causa desta decisão, ter sido o anúncio da candidatura de Sérgio Costa à concelhia do PSD da Guarda, uma vez que Carlos Chaves Monteiro não manifestou qualquer interesse em ser ele próprio o candidato. Agostinho Gonçalves também questionou o local onde se realizou este encontro (Paços do Concelho), até porque nesta reunião só estiveram militantes do PSD ou membros eleitos em listas em que o PSD apoiou nas últimas autárquicas. Agostinho Gonçalves também é da opinião que Sérgio Costa deve manter o lugar de vereador e rejeita por completo a ideia de eleições intercalares, justificando que o eleitorado não iria entender uma decisão dessas.

Play

O website da Rádio F utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close