A rua do Comércio já não vai ser coberta

A Rua do Comércio, na Guarda, já não vai receber a tão falada cobertura, mas a Câmara já apresentou um novo projecto que prevê alterações, apenas ao nível da superfície. De acordo com o vice-presidente da autarquia, Carlos Chaves Monteiro, a empresa que estava responsável pela obra, alegou que o projecto não era exequível a vários níveis. Por essa razão, o Município abandonou a ideia inicial e apresentou uma outra solução, num investimento que ronda os 158 mil euros mais IVA e que, desta vez, não contempla alterações na Rua Augusto Gil. Carlos Chaves Monteiro acredita que este novo projecto para a Rua do Comércio também vem dar uma nova dinâmica ao centro da cidade.

O assunto foi abordado na reunião do executivo. A vereadora do PS votou favoravelmente a revogação do projecto inicial mas absteve-se em relação ao ponto que diz respeito ao novo projecto. Graça Cabral justificou que as obras não fazem sentido. A vereadora do PS acrescenta que os vereadores socialistas não tiveram conhecimento prévio desta decisão do executivo mas que votou favoravelmente o ponto da ordem de trabalhos que dava conta da revogação do projecto inicial para a rua do comércio.

r_comercio