A localização da Radioterapia em Viseu foi abordada pelo deputado PS, Matias Coelho, na Assembleia Municipal da Guarda

decisão do governo, em instalar o serviço de radioterapia no Hospital de Viseu, mereceu a intervenção do Socialista Matias Coelho, na última assembleia municipal da Guarda. O deputado do PS revelou que esta decisão governamental o deixa triste e revoltado e lamenta o silencio das entidades da Guarda, nomeadamente dos deputados na Assembleia da Republica, da ULS e da própria Câmara Municipal, que segundo Matias Coelho não bateram o pé de forma que o serviço de radioterapia fosse instalado no hospital da Guarda.

Matias coelho adiantou que a Guarda, deveria estar no radar do investimento pública e privado e por isso entende que não pode haver bandeiras partidárias.

Na resposta à intervenção do deputado socialista, o presidente da Câmara da Guarda não quis pronunciar-se muito sobre a questão do serviço de radioterapia. Álvaro Amaro diz que não conhece a decisão do governo e entende que tem de haver mais explicações.

DSC08040