O Comando Territorial da Guarda, através do Núcleo de Investigação e de Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) da Guarda, deteve um homem de 41 anos, por posse de armas proibidas no âmbito de um processo por violência doméstica, no concelho de Vila Nova de Foz Côa.  Na sequência de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o agressor exercia violência física e psicológica sobre a vítima, sua companheira de 56 anos. Foi possível apurar ainda que era detentor de diversas armas e munições. No decorrer das diligências policiais, foi dado cumprimento a dois mandados de busca, nomeadamente, uma domiciliária e uma em veículo, no decorrer das quais foram encontradas armas e munições proibidas, motivo que levou à sua detenção. No decorrer da ação foi possível detetar e apreender o seguinte material:

  • Duas pistolas de alarme;
  • Três punhais;
  • Uma arma de ar comprimido;
  • Uma navalha de abertura automática;
  • Uma munição de salva;
  • Três cartuchos;
  • Uma caixa de chumbos.

O detido foi constituído arguido e os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Vila Nova de Foz Côa.

O website da Rádio F utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close