A cedência do direito de superfície do antigo matadouro municipal foi debatido no Ponto por Ponto desta semana

A cedência do direito de superfície do antigo matadouro municipal por concurso público, para fins comercias, foi um dos temas abordados no ponto por ponto desta semana. O comentador João Prata e presidente da junta de freguesia da Guarda, realçou que esta solução ajuda a criar condições para que os investidores possam desenvolver a suas ideias de negócio, e acaba por se encontrar uma solução para um edifício que se encontra há muito degradado. João Pedro Borges , o outro comentador alerta para o facto, de que a cedência do espaço, pode levar, à especulação imobiliária, até porque o valor base de arrendamento do concurso publico é de 1% do valor patrimonial

Um programa que pode ouvir na íntegra esta quarta-feira depois do jornal regional às 19h ou disponível em podcast no site da Rádio F.