A Câmara da Guarda vai abrir um concurso público de direito de superfície do antigo matadouro municipal

A Câmara da Guarda vai abrir um concurso público para a constituição do direito de superfície destinado á reabilitação e gestão do edifício do antigo matadouro municipal, para fins comerciais. O anúncio foi feito na reunião quinzenal do executivo, que decorreu no Alvendre.

A proposta foi aprovada por unanimidade mas o vereador do PS, Joaquim Carreira colocou algumas reservas neste ponto, nomeadamente no valor da renda a pagar pelo futuro arrendatário do espaço. O vereador socialista reforçou que independentemente da valorização do edifício, o valor da renda é diminuto face ao valor real do imóvel.

Na resposta, o presidente da Câmara da Guarda referiu que o município tem de promover o investimento sem pensar em receitas, recordando o abaixamento do preço do metro quadrado dos terrenos da plataforma logística. Álvaro Amaro não quis adiantar mais pormenores sobre o futuro do edifício do antigo matadouro, dizendo apenas que gostava que aparecessem vários interessados no concurso público.