Vereadores do PS mostram desagrado por não terem sido convidados para a reunião geral dos trabalhadores da Câmara da Guarda

Os vereadores do PS na Câmara da Guarda lamentam não terem sido convidados para marcar presença numa reunião geral de trabalhadores do Município, que teve lugar há 2 semanas. Os socialistas levaram o assunto à reunião do executivo. Eduardo Brito referiu que o vereador Pedro Fonseca esteve presente porque teve conhecimento e reforçou que, enquanto parte do executivo, querem participar e não apenas tomar conhecimento.

O vereador da oposição, Pedro Fonseca que saber qual foi o critério para que a maioria não tenha convidado nem informado os vereadores do PS sobre a reunião geral com os trabalhadores. O socialista diz que deu conhecimento que iria estar presente. Pedro Fonseca estranha que os vereadores do PS não tenham sido convidados e que os elementos da assembleia municipal estivessem presentes.

O presidente da Câmara da Guarda defende que não tem que convidar os vereadores do PS porque não têm pelouro, até porque habitualmente reúne com os vários departamentos. Álvaro Amaro acrescentou que só convidou os elementos da Assembleia Municipal depois de saber que o vereador do PS iria estar presente e que só não fez o mesmo com os líderes parlamentares porque já não foi a tempo.