ULS da Guarda pretende aumentar a percentagem de receitas eletrónicas por SMS

A ULS da Guarda pretende aumentar o numero de receitas eletrónicas enviadas por E-mail ou SMS. Atualmente os receituários podem ser emitidos de três formas, por correio eletrónico, mensagem escrita para o telemóvel, ou ainda com uma guia de prescrição em papel, Fátima Cabral, Diretora Clínica para os Cuidados de Saúde Hospitalares da ULS da Guarda referiu que estes métodos, são os mais seguros para os utentes.

Fátima Cabral destacou as vantagens das receitas enviadas por SMS para o telemóvel, a Diretora Clínica refere que se torna mais prático para o utente, uma vez que deixa de andar com papéis, frisou ainda a vantagem deste modo de receituário, que permite adquirir faseadamente os medicamentos conforme as necessidades.

A ULS da Guarda também está ciente da caracterização da população do distrito, a médica Fátima Cabral refere que o receituário em papel vai continuar, atendo ao número de utentes idosos das unidades de saúde da ULS. A diretora Clínica para os Cuidados de Saúde Hospitalares da ULS Guarda pretende que dos três métodos disponíveis, os médicos usem apenas um deles de acordo com as características do utente.