ULS da Guarda alerta para falsos rastreios auditivos

O concelho de administração da ULS da Guarda tem recebido queixas sobre alegados falsos rastreios auditivos. A diretora clínica para os cuidados de saúde hospitalares, referiu no programa da Rádio F, Bilateral, que há pessoas que são seduzidas a fazerem rastreios auditivos por empresas que alegadamente não tem capacidade para fazer estes testes. Fátima Cabral diz que há casos, em que as pessoas são mesmo levadas a comprar próteses auditivas sem que delas as necessitem.

A diretora clínica da ULS da Guarda acrescenta que há pessoas que acabam até por contrair empréstimos para adquirir estas próteses auditivas.

A médica Fátima Cabral aconselha que em primeiro lugar devem contatar o médico de família e caso se justifique, este, vai referenciar os doentes para a consulta de especialidade. A diretora clinica acrescenta ainda, que a ULS da Guarda já iniciou uma campanha com o intuito de alertar para estas alegas burlas. (ouvir aqui)