A Rádio F foi conhecer a opinião de dois reclusos sobre “o novo” Estabelecimento Prisional do Mondego

A extensão do Mondego do Estabelecimento Prisional da Guarda, que foi inaugurada recentemente, sofreu obras de requalificação para poder receber as novas valências. Grande parte dos melhoramentos efetuados no equipamento contou com a mão-de-obra dos reclusos que já estão naquele local.

A Rádio F falou com João Paulo Marques, que é da Guarda, encontra-se a cumprir pena por tráfico de estupefacientes mas o tempo que já leva na cadeia ajudou-o a pensar em seguir outro rumo. No estabelecimento prisional fez trabalhos de eletricista mas é estudante na Escola de Hotelaria do IPG em Seia. A pena está quase a chegar ao fim e está satisfeito com o regime aberto na prisão do Mondego.

Nuno Tavares, de Oliveira de Hospital, também partilha da mesma opinião. Está preso por burla informática, mas também está a poucos meses de ficar em liberdade. O novo estabelecimento prisional do Mondego é mais agradável, como refere o recluso.