Presidente do IPG mostra muitas reservas à intenção de equiparar Licenciados pré-Bolonha a Mestres

O presidente do Politécnico da Guarda mostra muitas reservas sobre a intenção do Ministro do Ensino Superior em tornar equiparadas as licenciaturas pré-Bolonha ao grau de mestre. Constantino Rei explicou que o ministro do ensino superior apontou como lacuna, a falta de mestres na área das engenharias para justificar esta proposta.

O Presidente do IPG referiu na Rádio F, que tem muitas reservas neste processo, até porque ao concretizar-se pode abrir-se uma caixa de Pandora. Constantino Rei refere que caso estas equivalências avancem, podem vir a incrementar um custo acrescido a instituições públicas e também a empresas, o presidente do IPG remata dizendo que parece que se fazem leis para responder aos mais variados “lobbies”. Constantino Rei acrescenta que é necessário analisar com cuidado esta proposta, até porque o resultado pode ser perigoso e imprevisível.