Politécnico da Guarda estabelece protocolo com Instituto Federal do Brasil

O Instituto Politécnico da Guarda assinou um protocolo de cooperação académica, científica e cultural com o Instituto Federal do Rio Grande do Norte, do Brasil. O objetivo é estreitar ligações com a instituição brasileira e criar redes internacionais. Este protocolo vai permitir que estudantes do IPG possam estudar no Brasil e vice-versa, como referiu o presidente do Politécnico. Constantino Rei explicou que os alunos do politécnico que têm mais probabilidades de passarem algum tempo no Brasil são os das áreas da engenharia, gestão e informática. O protocolo prevê também partilha de conhecimentos entre docentes. (ouvir aqui)