Polícia Judiciária deteve um homem de 34 anos, presumível violador e abusador sexual de uma criança do sexo masculino de 12 anos, numa IPSS em Trancoso onde ambos eram utentes

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal da Guarda, em cumprimento de mandado judicial, deteve o presumível autor de um crime de violação e de um crime de abuso sexual de crianças, ocorridos em abril do corrente ano, na área da instância local de Trancoso, de que foi vítima uma criança, do sexo masculino, com 12 anos de idade. Tais abusos terão ocorrido nas instalações de instituição particular de solidariedade social onde ambos eram utentes.

O detido, com 34 anos de idade, desempregado, foi presente a tribunal, tendo ficado sujeito à medida de coação de internamento preventivo em hospital psiquiátrico.