PJ Guarda deteve dois indivíduos suspeitos da prática dos crimes de associação criminosa, coação, extorsão e roubo

Os crimes vinham ocorrendo em várias localidades dos distritos da Guarda, Castelo Branco e Portalegre, pelo menos desde Agosto do ano passado e tinham já levado à detenção de 17 outros suspeitos por parte da Polícia Judiciária.

No decurso da respetiva investigação, pendente há já vários meses, foram identificadas mais de cento e quarenta vítimas daqueles tipos de crime e também dos crimes de usura, incêndio e de sequestro, as quais admitiram a sua condição de vulnerabilidade e de efetivos, lesados pela referida associação criminosa, voltada para a obtenção de elevadas vantagens patrimoniais, explorando situações de necessidade dos lesados, diz a PJ em comunicado.

Os detidos, com 32 e 41 anos de idade, vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial, tendo em vista a eventual sujeição às adequadas medidas de coação.