PJ da Guarda deteve um homem no Sabugal, pelos presumíveis crimes de Peculato e Falsificação de Documentos, enquanto exercia funções numa instituição de crédito

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal da Guarda, identificou e deteve o presumível autor de um crime de Peculato e vários crimes de Falsificação de documento, ocorridos entre Outubro de 2012 e Junho de 2016 no Sabugal

O detido, no exercício de funções em instituição de crédito pública, mediante falsificação de documentos e utilização ilegítima de documentos que os clientes lhe deixavam assinados, ter-se-á apropriado de mais de duzentos e quarenta mil euros, valores pertencentes a clientes da instituição, que ele geria.

O detido, de 52 anos de idade, atualmente desempregado, vai ser presente às autoridades judiciais competentes para interrogatório e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.