PJ da Guarda deteve em Pinhel, um presumível autor da prática de um crime de pornografia de menores agravado

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal da Guarda, identificou e deteve um homemque ao longo dos últimos meses visualizava, importava, exportava e divulgava, através de sítios específicos da internet, mas também através das redes sociais mais comuns, fotografias contendo atos de abuso sexual de menores, muitos deles de idade inferior a 14 anos. A detenção teve lugar na localidade de Pinhel, pela posse e partilha de ficheiros com imagens de cariz pornográfico, envolvendo menores de 14 anos.

No decurso de busca efetuada à sua residência foram apreendidos vários equipamentos informáticos, onde estavam armazenados várias dezenas de milhares de ficheiros com imagens de pornografia de menores, representativos daqueles abusos.

O detido, de 48 anos de idade, vaiserpresente a primeiro interrogatório judicial,para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.