Piscina Fluvial do Caldeirão vai ser uma realidade em breve

Já estão no terreno as obras que visam a construção de uma piscina fluvial na Barragem do Caldeirão. A questão foi abordada antes do período da ordem do dia, da última reunião do executivo da Câmara da Guarda. O projeto comtempla também a construção de um centro náutico, mas para já avança só a piscina fluvial, o presidente da Câmara da Guarda, Álvaro Amaro referiu que foi necessário separar essa parte do projeto, uma vez que o centro náutico carece de outros pareceres e aprovações. Álvaro Amaro reconhece alguns atrasos na obra, e adianta que gostaria que a piscina fluvial tivesse sido concluída antes do dia 13 de Agosto, agora o autarca não adianta qualquer data para a conclusão da infraestrutura.

O vereador a oposição Joaquim Carreira, lamenta que ainda não lhe tenham sido fornecidos os documentos sobre este projeto para analisar, se esta obra está ou não licenciada, e se o município tem ou não legitimidade para a executar. O vereador Socialista acrescenta que já é hábito, não ser fornecida a documentação solicitada pelos vereadores da oposição.

O Presidente da Câmara da Guarda reconhece que os documentos não foram entregues nesta reunião, justificando com a ausência do Vice-presidente, que é quem está a gerir este dossier, mas Álvaro Amaro garante que dentro de um ou dois dias os documentos vão chegar às mãos dos vereadores socialistas.