Pedro Fonseca entende que a obra no Largo da Misericórdia não é prioritária, Álvaro Amaro refere que o vereador do PS não está bem informado

A obra de requalificação do Largo da Misericórdia, que foi apresentada na semana passada, não é do agrado do vereador do PS, Pedro Fonseca. O socialista abordou o assunto na reunião do executivo e, no final disse aos jornalistas, que não conhece guardenses que considerem que a obra no centro da cidade seja uma prioridade. Pedro Fonseca diz que há outros espaços a necessitarem de uma intervenção e deu como exemplos a Quinta da Maunça e onde em tempos foi o quartel dos bombeiros da Guarda.

Na resposta, o presidente da Câmara da Guarda anunciou que, por enquanto, existem ideias para os espaços citados pelo vereador socialista. Quanto às críticas apontadas pelo vereador socialista, Álvaro Amaro referiu que ficou com a noção de que Pedro Fonseca não estava bem informado.

A requalificação do largo da misericórdia foi um dos assuntos abordados na reunião do executivo.

Imagem: Município da Guarda