A Ordem dos Médicos alerta para um aumento do tempo de espera durante este mês, nas Urgências do Hospital da Guarda

O tempo de espera nas urgências do Hospital da Guarda pode ser maior durante este mês de Agosto. A já conhecida carência de médicos em algumas especialidades, a juntar às férias por parte dos clínicos, o atendimento pode levar mais tempo nas urgências, atendendo que a população praticamente duplica com a vinda dos emigrantes. José Manuel Rodrigues, presidente do conselho sub-regional da Guarda da ordem dos médicos referiu à Rádio F, que a situação nas urgências do Hospital da Guarda neste mês, por vezes é catastrófica.

O presidente do conselho sub-regional da Guarda da Ordem dos Médicos disse à Rádio F, que no serviço de ortopedia há falhas nas escalas. Jose Manuel Rodrigues também referiu que no serviço de Cardiologia é complicado elaborar uma escala de urgência com apenas dois médicos.

José Manuel Rodrigues garante ainda assim, que a segurança dos utentes não está em causa, o médico fala de alguns constrangimentos para os doentes, que têm que ser transferidos para outras unidades da região.