Obras de requalificação do Parque Urbano do Rio Diz foram prorrogadas por mais 75 dias

O executivo do município da Guarda concedeu uma prorrogação do prazo para as obras de requalificação do Parque Urbano do Rio Diz, os trabalhos estendem-se agora por mais 75 dias. O vereador do PS, Joaquim Carreira não percebe qual o motivo, para prorrogar o prazo inicialmente previsto. O presidente da câmara da Guarda, Álvaro Amaro refere que também preferia não alongar o prazo, mas justifica que este acréscimo de dias está de acordo com a lei.

Joaquim Carreira também referiu na reunião de câmara que há árvores que foram recentemente plantadas e que se encontram secas, o vereador do PS questionou se a empresa que está a prestar este serviço se responsabiliza por este facto. Álvaro Amaro diz que se isso aconteceu, a câmara irá certamente defender os interesses do Município.

Outras das questões muito badaladas dos últimos tempos em relação ao parque Polis, é o estado atual do lago e do rio que o atravessa, Joaquim Carreira mostra-se preocupado com a falta de manutenção do percurso hídrico que se estende por aquele parque. O presidente da câmara da Guarda volta a dizer que parte hídrica do Polis é um problema estrutural, e que a resolução deste problema terá que ser umas das prioridades do próximo executivo. De imediato Álvaro Amaro diz que tem que ser encontrada uma solução conjuntural, as autorizações já foram emitidas para a limpeza, agora trata-se de uma questão técnica.